sexta-feira, 27 de maio de 2011

Resumo do filme FormiguinhaZ

Resumo do filme FormiguinhaZ
Z é o filho do meio de uma família de milhares de formigas, e por esse motivo, se sente insignificante e pouco disposto para a vida que leva. Como todas as formiguinhas quando ainda são recém-nascidas, ele foi escolhido para a realização de um trabalho específico, como operário, cavando buracos que servem para a comunidade se locomover debaixo da terra ou ainda para guardar seu alimento. Inconformado com isso, Z vive uma vida de infelicidade e tem o acompanhamento de um terapeuta. Sua existência começa a mudar quando ele encontra, por acaso, com a princesa Bala num de seus momentos de folga e dança com ela. A perspectiva de reencontrar a jovem aspirante ao trono faz com que ele troque de lugar com um amigo para participar de uma apresentação dos soldados as autoridades do formigueiro. O que ele não desconfia é que o general Mandíbula pretende assumir o trono e acabar com os espécimes inferiores do formigueiro. Para isso, declarou guerra contra os cupins, ocasião em que pretende exterminar os eventuais opositores ao seu plano de controlar ditatorialmente a colônia de formigas. Para se opor a força do general Mandíbula, Z irá se posicionar como um personagem cheio de idéias e de sonhos que o levarão a conhecer novas realidades e levantar as formigas da colônia contra a opressão dos líderes militares. Nesse embate entre força e inteligência tendemos a pensar que a brutalidade pode triunfar, “FormiguinhaZ” coloca o trem de volta nos trilhos e demonstra, com graça e leveza, que as maiores realizações dependem, essencialmente, da nossa capacidade de articulação, diálogo, reflexão, decência e criatividade...
 No filme formiguinha Z o formigueiro se enquadra no conceito de organização, partindo da ideia que qualquer organização se define como um conjunto de duas ou mais formigas que realizam tarefas ,seja em grupo, seja individualmente, mas de forma coordenada e controlada, atuando num determinado contexto ou ambiente, como pode ver no formigueiro um verdadeiro exemplo de um conceito de organização, com vista a atingir um objetivo pré-determinado através da afetação eficaz, liderada ou não mais com funções de planejar, organizar, liderar, e controlar. A relação emprego/empregador é bem rústica. A única vantagem dada aos operários é a comida, que é utilizada como forma de pagamento, até a forma de descanso é controlada. A obediência é a palavra-chave dentro da colônia. No ambiente de trabalho, os equipamentos utilizados pelos operários são marretas, enxadas, pás, entre outras ferramentas, não contando assim, com nenhuma forma avançada de tecnologia para a realização do serviço. O recurso básico de trabalho são os próprios trabalhadores (operários, soldados, supervisores e etc.) tendo em vista que o conceito de unidade não é valorizado, somente o de conjunto.

2 comentários: